"Voz de cores quentes e grande fervor expressivo."

 

Clóvis Marques, Revista Concerto

Brasileira, natural de São Gonçalo - região metropolitana do Rio de Janeiro, Carolina Faria é cantora lírica e professora de canto.


Estreou num primeiro papel em ópera aos 24 anos como Romeo em "I Capuleti e i Montecchi" de Vincenzo Bellini, em produção do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Iniciou sua vida artística profissional aos 19 anos no coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no premiado ensemble vocal Calíope e segue atuando como solista convidada junto às maiores orquestras, salas de concerto e casas de ópera brasileiras.

 

Carolina Faria possui vasto repertório de ópera, oratório, canção sinfônica, música de câmera e vanguarda, com especial ênfase à Música Brasileira Colonial e participação em gravações históricas. Destacam-se em sua trajetória Bradamante na 'Alcina' de Händel, Baba the Turk em 'The Rake’s Progress' de Stravinsky, Hermia em 'A Midsummer Night’s Dream' de Britten, Donna Elvira no 'Don Giovanni' de Mozart, Carmen em 'La Tragédie de Carmen' de Bizet-Constant e Herodias na 'Salomé' de Richard Strauss.

Bacharel em Canto pela UFRJ, Carolina prossegue em seu aperfeiçoamento sob orientação do tenor Eduardo Álvares e leciona canto em seu próprio estúdio onde realiza Academias (cursos de imersão) regulares. Editou de 2016 e 2018 o Projeto Boa Chance, canal online de mentoria a jovens cantores.

 

No segundo semestre de 2019 são destaques em sua agenda:

- Lançamento de O Chazinho, seu podcast de arte e cultura pelo portal Podsim, feito por mulheres;

- Estreia da Cibele Camerata, sexteto barroco;

- Concertos Lully-Boismortier na semana de residência do Centro de Música Barroca de Versalhes no Rio de Janeiro;

- Concerto Brecht-Weil junto à OSB no Teatro Riachuelo.

Para saber mais siga os links:

#CarolinFaria
#CarolinaFariaEstudio
#ProjetoBoaChance
#oChazinho
#_podsim 
www.carolafaria.com